Seminário 2011

SEMINÁRIO:  “PRODUÇÃO  DE VÍDEO EM SALA DE AULA”                    

II FESTIVAL DE VÍDEO NAS ESCOLAS

Será realizado dia 16 de outubro, na Galeria Olido, sala Vermelha (Av. São João, 473 – Centro SP) das 10h às 13h.

O evento tem como objetivo criar um ambiente de trocas entre vários educadores e realizadores de audiovisual dentro de ambiente escolar formal. O formato será de um grande círculo de cultura, pois acreditamos que o conhecimento se constrói no diálogo.

Alguns questionamentos que podem nos nortear na discussão: Qual o impacto dos programas públicos no uso de vídeo em sala de aula? Qual impacto das oficinas de ONG´s na formação dos alunos? Qual o histórico do uso de vídeo em sala de aula e da educomunicação em geral? Quais perspectivas de crescimento deste uso nas escolas? Educomunicação deve ser mais uma disciplina escolar?

10h   1º Tempo:  Programas públicos de educomunicação

Carlos Lima, da Secretaria Municipal de Educação, coordenador do Programa Nas Ondas do Rádio.

Eva Dantas, da Fundação para o Desenvolvimento da Educação/Secretaria Estadual de Educação de SP – Técnica em Projetos Pedagógicos – Programa Cultura é Currículo.

 -Raphael Alario, pesquisador do Núcleo de Comunicação e Educação, da ECA-USP, e membro da equipe coordenadora do Curso a distância “Mídias na Educação”, do MEC, no Estado de SP.

Carmen Gattás, igualmente pesquisadora do Núcleo de Comunicação e Educação, da ECA-USP, e assessora a área de estágios da Licenciatura em Educomunicação da ECA/USP.

11h   2º Tempo:  Experiências em SALA DE AULA – PRODUÇÃO dE vídeo.

Auira Ariak, educadora no projeto Jovens Protagonistas – EMEF Maria Amélia Wakamatsu –  São José dos Campos e professora das Oficinas de Audiovisual do GAMT – Caçapava.

Carlos Eduardo Fernandes Junior – professor de Artes da EMEFM Vereador Antônio Sampaio e trabalho com salas mistas de alunos surdos e ouvintes.

– Carlos Rogerio – artista-educador do Programa de Iniciação Artística (PIÁ) da Secretaria de Cultura da cidade de São Paulo e idealizador do Projeto OFICINATIVA.

Christian Sznick. Assistente de Diretor na EMEF Jornalista Paulo Patarra. Foi um dos coordenadores da Imprensa Jovem da EMEF Prefeito Adhemar de Barros. Pedagogo e Mestrando em Comunicação.

Diogo Noventa, professor de Vídeo do Colégio Oswaldo de Andrade em SP e integrante da Cia Estudo de Cena.

– Evandro Santos, Coletivo Nossa Tela, professor de vídeo, formação de professores no SINPRO-SP.

Gislene Meschiati, professora de informática educativa, da EMEF Pedro Nava de São Paulo.

– Janaína Monteiro, Joab Dias Couto, Márcia Dias da Silva, professores do projeto de educomunicação “O grito do Glicéiro” da Emef  Duque de Caxias da rede Municipal de SP.

Jessica Candal, professora Colégio Medianeira, educadora audiovisual do projeto MidiaEducação de Curitiba.

Luiz Claudio Motta Lima-  professor de Geografia e da oficina de Vídeo do Núcleo de Arte Grécia- Rio de Janeiro.

Marcelo dos Santos, professor de informática, da EMEI Eunice dos Santos, orientador do projeto TV Cedro Rosa, em São Paulo.

– Minom Pinho – sócia-diretora da Casa Redonda Cultural, produtora de cinema, idealizadora das oficinas do Projeto Laboratório – Experimentações Audiovisuais e coordenadora das ações educativas do Festival Claro Curtas. 

Vanessa Reis – Mostra formação do Olhar do Festival Internacional de curtas, Oficinas Kinoforum, site Kinooikos todos pela Associação Cultural Kinoforum.

Vera Lúcia de Oliveira – Professora de Ensino Fund. I da EMEF Drº João Augusto Breves e Coordenadora Pedagógica da EMEF do CEU Três Pontes, contadora de Histórias.

Wilq Vicente, Coletivo Nossa Tela, oficinas de Vídeo com deficientes auditivos.

13:30h  Encerramento: confraternização